quarta-feira, 19 de julho de 2017

Cientistas podem ter criado a célula solar mais potente de todos os tempos

Cientistas podem ter criado a célula solar mais potente de todos os tempos
Foto: iStock by Getty Images

Cientistas norte-americanos desenvolveram uma célula que é capaz de converter a luz solar direta em eletricidade com eficiência de 44,5%. Isso a torna, potencialmente, a célula solar mais eficiente do mundo, pelo menos entre as disponíveis no mercado atualmente.

Google lança plataforma sobre Amazônia com a cara do Brasil




A plataforma fala sobre geografia, povos da floresta, água, ocupação humana, e as mudanças pelas quais a floresta tem passado.
O Google lançou nesta terça-feira (11) o projeto "Eu Sou Amazônia", que usa o Google Earth para mapear 11 locais em diversas partes na Amazônia e contar histórias de comunidades como a dos povos Ianomâmi, Cinta Larga e da comunidade quilombola Boa Vista.

APRENDA A RECUPERAR UMA NASCENTE EM CINCO PASSOS



As nascentes são fontes de água que surgem em determinados locais da superfície do solo e são facilmente encontradas no meio rural. Elas correspondem ao local onde se inicia um curso de água (rio, ribeirão, córrego), seja grande ou pequeno. As nascentes (ou mananciais) se formam quando o aquífero atinge a superfície e, consequentemente, a água armazenada no subsolo jorra (mina) na superfície do solo.

sexta-feira, 14 de julho de 2017

Iceberg com quatro vezes a área de São Paulo se desprende na Antártida

Iceberg Antartida
Imagem aérea da gigantesca fenda na plataforma de gelo Larsen C. 

Um dos maiores icebergs da história, com quase quatro vezes a área da cidade de São Paulo, se rompeu na Antártida. O bloco de gelo, de 5.800 quilômetros quadrados e um trilhão de toneladas, provavelmente será chamado de A68, segundo cientistas do projeto Midas, uma missão britânica que pesquisa os efeitos do aquecimento global sobre o continente gelado.

Crise hídrica no Nordeste impulsiona mercado de energia eólica

Crise hídrica no Nordeste impulsiona mercado de energia eólica
Os números não deixam dúvida quanto à condição favorável do Brasil, com ventos fortes e contínuos, para a geração de energia eólica. No ano de 2016, por exemplo, a média da relação entre a capacidade instalada nas usinas eólicas no país e a efetiva geração de energia foi de 40,7%, enquanto a média mundial é de apenas 23,8%.

Índia planta 66 milhões de árvores em 12 horas

Índia planta 66 milhões de árvores em 12 horas

Uma campanha ambiental na Índia levou o país a bater seu próprio recorde de plantio. Mais de um milhão de voluntários trabalharam em uma mega operação verde onde foram plantadas 66 milhões de árvores. Em 2016, eles já haviam plantado 50 milhões de árvores em 24 horas.

Ondas de calor afetarão quase metade da população mundial até fim do século, segundo projeção

Mapa de calor em 2100
Imagem: University of Hawaii

As ondas de calor vão se multiplicar nos próximos anos, revela uma ampla análise publicada em 19 de junho no periódico Nature Climate Change. Estima-se que atualmente cerca de 30% da população mundial esteja exposta anualmente a um misto de calor e umidade que pode levar à morte.

quinta-feira, 6 de julho de 2017

Mundo está usando quase 500 bilhões de garrafas plásticas por ano

Mundo está usando quase 500 bilhões de garrafas plásticas por ano

No mundo inteiro, o uso de água engarrafada gera acúmulo de lixo plástico. Apesar da informação não ser novidade, os números não deixam de ser chocantes: a previsão é que até 2021 a população global estará consumindo mais de 580 bilhões de garrafas.

2 mil livros sobre bioconstrução, permacultura e agroecologia para baixar gratuitamente

2 mil livros sobre bioconstrução, permacultura e agroecologia para baixar gratuitamente
Jardinagem, horta, apicultura, reciclagem, agroecologia, permacultura, bioconstrução e vida sustentável. Estes são alguns dos temas tratados em um compilado de manuais práticos e gratuitos reunidos pela plataforma espanhola Ideas Verdes.

Conheça o livro de plantas medicinais online e gratuito

Conheça o livro de plantas medicinais online e gratuito

Buscando ampliar possibilidades de tratamento, a publicação “Plantas Medicinais” trata sobre conhecimento científico e sabedoria popular. Livro é resultado de um curso de plantas medicinais realizado na Escola de Jardinagem vinculada à Umapaz (Universidade Aberta do Meio Ambiente e da Cultura de Paz), em São Paulo.

quarta-feira, 5 de julho de 2017

Humanidade tem só mais três anos para salvar o planeta, diz grupo


O ano de 2020 será crítico para o futuro do clima. Caso as emissões continuem a subir além dessa data, os objetivos do Acordo de Paris tornam-se praticamente inalcançáveis, concluiu um grupo de especialistas no assunto, liderados pela diplomata Christiana Figueres, ex-secretária-executiva da Convenção do Clima das Nações Unidas.

terça-feira, 4 de julho de 2017

Mundo pode bater 1,5ºC em uma década

Seca em Silves (AM) em 2005. Foto: Ana Cintia Gazzelli/WWF.
Seca em Silves (AM) em 2005. Foto: Ana Cintia Gazzelli/WWF.
O mundo pode ultrapassar a barreira de 1,5oC de aquecimento em relação à era pré-industrial daqui a menos de uma década. Tudo depende de como o Oceano Pacífico vai se comportar nos próximos anos – e as indicações não são nada boas.

ME MOSTRE OS DADOS! País de florestas? Pense antes de responder

grafico_agropecuaria_2000_2016_v6(1)
O Brasil ainda tem a maior parte de seu território coberto por vegetação nativa. Mas este mapa do projeto MapBiomas mostra que a agropecuária tem avançado de forma impressionante sobre nossas florestas e savanas, e hoje ocupa 31% da área do país.

Cadastro ambiental rural não evitou desmate nem restaurou florestas

Propriedades rurais em módulo de consulta pública do CAR. Foto: reprodução.
Propriedades rurais em módulo de consulta pública do CAR. Foto: reprodução.
O Cadastro Ambiental Rural, instituído para monitorar a preservação e a recuperação de florestas em propriedades privadas, acaba de ganhar um lugar de destaque no rol das boas intenções que pavimentam o caminho do inferno. Um estudo publicado nesta segunda-feira (03) mostra que o CAR até aqui falhou em ambos os objetivos: o desmatamento ilegal nas fazendas não caiu após sua adoção e apenas 6% dos proprietários estão adotando alguma ação de restauro.

domingo, 2 de julho de 2017

HOME - Nosso planeta, nossa casa



Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=X3Nnp_jVDd0

Projeto inovador de fazenda vertical pode ser solução para países pequenos e com grande população

Sky Urban Farming System


Tecnologia, além de ajudar países menores a produzirem seu próprio alimento, é sustentável e econômica, pois utiliza pouca energia elétrica em seu funcionamento

O diretor-geral da empresa Sky Greens, Jack Ng, foi o responsável por criar um tipo inovador de fazenda vertical, em Singapura. O nome do projeto é Sky Urban Farming System e é descrito como “a primeira fazenda vertical urbana com baixo carbono e acionamento hidráulico”.

Pontes com turbinas de geração éolica e painéis solares podem transformar viadutos em geradores de energia

Coffice


O escritório italiano de arquitetura e urbanismo criou um projeto de viadutos sustentáveis que conta com energia eólica e solar

Esse projeto ousado, feito pelo Coffice, consiste em incorporar painéis solares e turbinas de geração eólica a pontes. A ponte eólica pode gerar algo como 40 milhões de quilowatt/hora (kW/h) de eletricidade por ano. O sistema propõe a combinação de energia solar e eólica, assim permitindo uma contínua produção de energia.

Análise de árvores indica composição de poluente



Cascas de árvores são utilizadas em pesquisa da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP) para monitorar substâncias presentes na poluição atmosférica, em especial nas emissões feitas por veículos. No estudo, a engenheira agrônoma Tiana Carla Lopes Moreira coletou amostras de 171 árvores no centro expandido de São Paulo e encontrou principalmente elementos químicos associados a emissões veiculares, como zinco, enxofre, cobre e ferro. O trabalho aponta que as cascas de árvores coletadas em vias expressas têm mais poluentes que as obtidas em vias de trânsito local.

quinta-feira, 29 de junho de 2017

EUA e China se unem para criar técnica que transforma plástico em combustível

São produzidas, anualmente, 299 toneladas métricas deste material, que acabam indo para aterros sanitários ou oceanos.
EUA e China se unem para criar técnica que transforma plástico em combustível
O plástico é um enorme problema ambiental mundial. | Foto: iStock by Getty Images

Pesquisadores norte-americanos e chineses têm trabalhado juntos na criação de um sistema mais eficiente que transforma plásticos em combustível. O processo se baseia na técnica de metátese de alcenos e é capaz de reaproveitar o polietileno sem que seja necessário um tratamento prévio.
O estudo que apresenta o processo foi publicado recentemente na revista científica “Science Advances”. O material mostra que os cientistas do Instituto de Xangai de Química Orgânica e os pesquisadores da Universidade da Califórnia, têm trabalhado em conjunto para o desenvolvimento de um método mais eficiente para regenerar o plástico.

Pesquisadora brasileira cria plástico 100% biodegradável com resíduos da agroindústria

Pesquisadora brasileira cria plástico 100% biodegradável com resíduos da agroindústria
Produto tem qualidades técnicas e econômicas promissoras. | Foto: Divulgação/FFCLRP

Pesquisas da Universidade de São Paulo (USP) em Ribeirão Preto avançam e busca plástico 100% biodegradável e competitivo com o plástico comum. O resultado inicial é animador. Os testes, que reúne na fórmula resíduos agroindustriais, resultaram em um produto com qualidades técnicas e econômicas promissoras, que se degrada em no máximo 120 dias.

Ranking lista as melhores práticas socioambientais do Brasil

A ideia é valorizar e reconhecer as boas práticas para mudar realidades que não servem mais.
Ranking lista as melhores práticas socioambientais do Brasil
São selecionados os melhores cases para depois serem compartilhados em livros, revistas, bancos digitais e fóruns de sustentabilidade. | Foto: iStock by GettyImages

Com metodologia reconhecida e participação de uma banca com especialistas de vários países, o Programa Benchmarking seleciona cases com excelência técnica para integrar o ranking dos detentores das melhores práticas socioambientais. Trata-se de um selo de sustentabilidade que já existe há 15 anos no mercado. A plataforma de cases é produzida por equipes e corpos técnicos de organizações de todo país.

terça-feira, 27 de junho de 2017

Ferramenta calcula valor econômico de floresta urbana


Software quantifica o valor econômico que a vegetação do Parque do Ibirapuera devolve a São Paulo

Pesquisa da Faculdade de Saúde Pública (FSP) da USP avalia a utilização do software i-Tree, uma ferramenta inovadora que quantifica o valor econômico que a vegetação do Parque do Ibirapuera pode devolver à cidade de São Paulo.

Análise de cientistas conclui que temos apenas 10 anos para conseguir salvar o planetaEm apenas uma década temos que diminuir as emissões dos gases de efeito estufa produzidas em todo o mundo


Cientistas alertam para a importância de se colocar em prática o Acordo de Paris.

O que mais escutamos nos últimos anos são os efeitos negativos e desastrosos que as mudanças climáticas estão causando em todo o mundo, assim como o aumento das temperaturas, falta de água, derretimento das calotas polares, enchentes, desertificação, extinção, entre outros.

Empresa suíça irá aspirar o CO2 do ar e usá-lo para produzir hortaliças

A primeira planta comercial do mundo a sugar dióxido de carbono do ar será inaugurada em 31 de maio.
Empresa suíça irá aspirar o CO2 do ar e usá-lo para produzir hortaliças
A Climeworks tem um objetivo ambicioso de capturar 1 por cento das emissões globais de CO2 até 2025. | Foto: Ilustração/Climeworks

Por ONE2030
A empresa suíça Climeworks vai ligar a primeira planta comercial do mundo que irá sugar dióxido de carbono do ar e reutilizá-lo para produzir legumes e hortaliças em uma estufa vizinha. A fábrica, que fica localizada em Hinwil, na Suíça, será inaugurada em 31 de maio.

Plantas aquáticas são usadas para recuperar lago na Colômbia

Filtragem de água beneficia quatro mil habitantes que vivem em comunidade nos Andes.
Plantas aquáticas são usadas para recuperar lago na Colômbia
Por ser um processo natural e sem aditivos químicos, os sistemas de filtros verdes são econômicos e praticamente isentos de manutenção. | Foto: Kärcher/Divulgação

Centenas de famílias de pescadores e artesãos dependem do Lago Fúquene, localizado na Colômbia. Mas, as águas residuais das comunidades no entorno colocavam em risco sua pureza, até que um projeto de filtragem simples e bastante eficaz alterou beneficamente a história do lago.